4 razões para deixar de usar Bancos de Talentos

Banco de talentos

Compartilhe esse post

Podem até falar que Bancos de Talentos agilizam processos seletivos, mas na prática eles apenas tapam o sol com a peneira. Afinal, outros problemas são gerados com eles, vou te contar 4 importantes motivos. 

1. Informações desatualizadas ou não-validadas

Muito tempo é perdido com informações desatualizadas dos inscritos, fazendo com que o recrutador tenha dificuldade de estabelecer contato com os possíveis candidatos.

Não adianta apenas armazenar e filtrar dados que não são validados junto às pessoas. O que acaba acontecendo é a reunião de bastante informação inútil ocupando espaço e atrapalhando seus processos seletivos. 

As pessoas não atualizam os seus dados frequentemente em todos os bancos de talentos. Principalmente quando param de buscar uma oportunidade de trabalho. A última coisa na mente do profissional é retornar aos sites que fizeram parte da sua rotina diária. 

2. Coleta de informações pessoais desnecessárias (LGPD)

Se você ainda não sabe, a LGPD começou para valer no Brasil e já anda aplicando punições para quem descumprir suas cláusulas. Então, vale a pena evitar ficar em posse desses dados pessoais por muito tempo. 

vazamento dessas informações sensíveis pode resultar em multas milionárias para as empresas, mas muitos desses dados nem interferem no processo de seleção. A banalização de formulários enormes cheios de detalhes é um risco para você e sua empresa.

Veja como é importante usar uma plataforma adequada à LGPD na sua seleção

Recorrer a Bancos de Talentos limita suas escolhas aos perfis que estão cadastrados ali.

3. Limite de perfis 

Por que explorar um lago se existem oceanos? Recorrer a Bancos de Talentos limita suas escolhas aos perfis que estão cadastrados ali. É importante estar ciente que nem todo perfil de candidato está disposto a preencher 50 campos para se inscrever. 

4. Match impreciso com vagas 

Se você já se cadastrou em um Banco de Talentos já deve ter recebido e-mails com oportunidades no mínimo estranhas. O que faz isso acontecer é a leitura errada das informações do currículo por falta de tecnologia.

Na hora de buscar os currículos mais adequados para uma vaga em um Banco de Talentos a imprecisão da leitura das informações prevalece eliminando currículos no caminho. Não existe uma seleção por compatibilidade com os requisitos da vaga, o que acontece é a exclusão de candidatos. Então, esse tipo de equívoco dificulta a aplicação de candidatos com perfis alinhados com as vagas e atrapalha a busca dos recrutadores.

Pessoas são mais que currículos


Ao realizar uma seleção através de Bancos de Talentos você acaba limitando a análise com filtros que exploram apenas os dados dos currículos e quando os candidatos não se sentem vistos eles manifestam sua insatisfação. Não esqueça que os candidatos têm poder sobre seu Employer Branding. 

Eles podem atrair candidatos com a visão que têm da sua marca, a reputação é um ponto crucial na seleção de talentos. Quando se recorre a um Banco de Talentos o que o candidato vê é o nome desse banco, não dá sua marca, e as experiências anteriores podem te impedir de encontrar os melhores perfis.

Isso enfraquece a construção da sua identidade no mercado de trabalho, reduz a atratividade das suas vagas e atrapalha seus processos seletivos. 

Uma seleção com Smart Recruiting

A RECRUT.AI usa todo potencial da Inteligência Artificial baseada no Smart Recruiting seguindo quatro pilares: Human First, People Analytics, Automation, Natural Diversity. Nossa plataforma não tem Banco de Talentos, ela foca na experiência positiva para a pessoa recrutadora e candidata.

Simplificamos a inscrição com sete campos e preenchimento em menos de um minuto. Nosso sistema lista os concorrentes depois de comparar os dados do currículo com os requisitos da vaga, o que garante a análise de todos os candidatos durante o processo de seleção.

Inscreva-se na nossa Newsletter

Receba nossas atualizações por e-mail

Conheça outros conteúdos

Conversa inspiradora em podcast com Patrick Gouy, CEO da RECRUT.AI
Smart Recruiting

Podcast inspirador com CEO da RECRUT.AI

Nosso CEO, Patrick Gouy, participou do ep. 07 do Tiagocast, publicado na última quinta-feira (23/06/2022). O podcast é perfeito para quem deseja conhecer melhor o

Vamos transformar o seu processo de recrutamento e seleção?

Agende uma demonstração

Tudo certo!

Recebemos a sua solicitação!

Agende uma demonstração

Complete o formulário para encontrarmos o melhor consultor